Passar para o conteúdo principal

Trabalho, emprego, profissões e organizações

Descrição

O Subgrupo TEPO – Trabalho, Emprego, Profissões e Organizações - integra um grupo de investigação mais amplo, que é o Grupo Trabalho, Família e Políticas Sociais.

Este subgrupo de investigação estrutura as suas atividades tendo por referência precisamente as problemáticas do Trabalho, do Emprego, das Profissões e das Organizações. Encontra-se, portanto, vocacionado para analisar sociologicamente estes temas nas suas múltiplas vertentes.

É um subgrupo de investigação aberto à comunidade e à região, desenvolvendo trabalhos para e com entidades públicas (como Câmaras Municipais), mas também entidades privadas (como empresas), associações sem fins lucrativos.

Em relação a ações que reforçam a cooperação científica, a TEPO tem desenvolvido um trabalho crescente assente em parcerias com outros centros de investigação, com pertenças disciplinares múltiplas, e instituições não académicas, quer de âmbito nacional, quer de âmbito internacional.

O programa que desenvolve organiza-se em torno de 5 eixos de trabalho, assentes em lógicas de investigação fundamental, mas também em lógicas de investigação-ação participativa, de âmbito colaborativo.

O primeiro eixo centra-se nos processos de reconfiguração do trabalho e das organizações em termos de divisão e organização do trabalho, dos conhecimentos e competências, das condições de trabalho, do desemprego, do significado do trabalho e apresenta um enfoque temático recente em domínios de investigação como o empreendedorismo corporativo, a responsabilidade social das empresas e outras organizações, o estudo da qualidade e sustentabilidade das formas de emprego, a promoção do trabalho digno.

O segundo eixo incide sobre as relações entre o mundo do trabalho e a inclusão social, nomeadamente sobre as políticas sociais para jovens e adultos com baixas qualificações escolares e profissionais.

O terceiro eixo aborda o empreendedorismo, inovação social, economia social e solidária, com um enfoque temático recente no domínio da agroecologia e desenvolvimento sustentável. Representa um eixo que consolidou investigação pioneira em Portugal sobre a temática, com uma particular atenção ao empreendedorismo social, nas suas dimensões de criação de emprego e riqueza, prestação de serviços sociais, inclusão social e combate à pobreza de populações vulneráreis, incluindo as de elevado nível de qualificações escolares.

No quarto eixo de trabalho estudam-se as profissões e as identidades profissionais, de modo a captar as suas configurações no âmbito do mercado de trabalho. As transformações das estruturas socioprofissionais no passado recente, os perfis profissionais dos gestores, dos investigadores científicos, dos animadores são campos de pesquisa principais.

O quinto eixo focaliza-se nas relações entre ensino, mercado de trabalho e diplomados. Problematizam-se as questões da precariedade laboral, as posições e trajetórias profissionais dos diplomados no mercado de trabalho em termos do emprego, desemprego, profissões, estatuto laboral e competências profissionais.

Este Subgrupo é coordenado por: Ana Isabel Couto.

 

Contactos

Faculdade de Letras da Universidade do Porto
Via Panorâmica, s/n
4150-564 Porto, Portugal

Telefone: +351 226 077 132
Email: isociologia@letras.up.pt

 

Outros Contactos

 

fct-logo

Ref.: UIDP/00727/2020

Ref.: UIDB/00727/2020

flup-logo